top of page

Atuação com a Amnistía España: diálogos pela paz e direitos humanos

Acreditamos em um mundo mais justo. Por isso, nos unimos com movimentos que atuam pelos direitos humanos e que promovem a cultura de paz.


Quando e onde


Entre os dias 16 e 22 de agosto de 2022, tivemos a honra de marcar presença em um dos maiores festivais do mundo, o Rototom Sunsplash, que colabora na propagação da cultura de paz, e com a honra de representar um dos movimentos mais significativos na defesa dos direitos humanos.


Imagem: Luca Valenta


Cultura e Educação pela paz e o amor


Marcamos presença neste evento que aconteceu em Benicasim, na Espanha, e que é considerado um dos mais relevantes festivais na Europa, uma vez que por meio da cultura reggae e da filosofia rastafari, aborda temas relacionados a paz, amor e justiça social. Para além dos shows, o ambiente é de atividades durante todo o dia, que contam com oficinas lúdicas e interativas, espaços para yoga e meditação, espaço para crianças com atividades de conscientização ambiental e antirracista, fóruns sociais e um espaço da Reggae University. Neste espaço, jornalistas, escritores, acadêmicos e artistas se reúnem em uma série de encontros para refletir, discutir e analisar aspectos importantes e momentos da filosofia reggae. Tivemos a grande felicidade de poder participar como ouvintes no evento acadêmico do primeiro dia, que contou com canções e rituais da filosofia rastafari, com renomados artistas jamaicanos e com a presença de Julian Marley.


Na ocasião, foi discutido e lembrado o legado de Bob Marley para a cultura de paz e Julian, seu filho, abordou temas relacionados a expansão da consciência e mencionou a importância da comunicação para gerarmos mudanças estruturais. Quando questionado sobre ''o que podemos fazer para difundir ainda mais os valores de paz e amor,'' Julian respondeu de forma simples que é preciso viver a paz e amor em nossas atitudes diárias. Que já sabemos a teoria, devemos aplicar consciência e disciplina e fazer desta a nossa filosofia de vida para que possamos cada vez mais ativos na vivência da cultura pela paz. Neste mesmo dia, Julian e seu irmão Damian fizeram um tributo cantando ''Could you be loved'' em homenagem a icônica canção de seu pai, um momento memorável em todos os corações presentes no recinto. Deixamos aqui a tradução para demonstrar a importância e relevância da mensagem propagada: tradução.


Diálogos sobre os Direitos Humanos


O megaevento contou também com uma área Non-Profit, com a presença de ONG's internacionais com enorme impacto, como a ACNUR, agência para pessoas em situação de refúgio da ONU e a Amnistía Internacional, a qual tivemos a honra de participarmos abordando diálogos sobre a cultura de paz para a garantia dos direitos humanos.




A @amnesty é um movimento global de mais de 10 milhões de ativistas que lutam por uma humanidade justa e livre na qual todas as pessoas vivam com dignidade. Somos parte desta rede, pois acreditamos no poder das pessoas e na força do coletivo para garantir que os direitos humanos sejam respeitados em todo o mundo. Algumas das curiosidades sobre a @amnesty é que ela não aceita dinheiro de governos, tampouco de partidos, e que promove o incentivo à pesquisa e conhecimento aberto. Isso porque trata-se de um dos maiores movimentos do mundo para a garantia da liberdade de expressão e para difundir o conhecimento sobre tópicos relacionados aos direitos humanos.


Nossa atuação


Quem já teve a oportunidade de participar em nossas oficinas sabe que utilizamos as campanhas da @anistiabrasil como exemplo de boas práticas e que nos inspiramos na Declaração Universal dos Direitos Humanos e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para desenvolver os nossos projetos.


E o que essa causa tem a ver com a propagação da comunicação e educação pela paz? TUDO!


Uma vez a garantia dos direitos humanos é um dos tópicos fundamentais para a construção de uma cultura pacífica e digna para todos os seres. Essa é a causa que a gente acredita. Por isso, a convite da Amnistía España, estivemos atuando no espaço e interagindo com o público do festival, tanto nas atividades e fóruns sociais, como no espaço Non-Profit. Falamos sobre a violência estrutural, utopias, a importância de nos responsabilizarmos, ao invés de nos culparmos e sobre assuntos em geral relacionados com a garantia e proteção dos direitos humanos.


Assim como nós, você também acredita em uma sociedade mais justa e digna para todos os seres? Se podemos acreditar, também podemos fazer acontecer! Agentes pela paz e pelos direitos humanos são #gentecomotú. Acesse as páginas oficiais da Anistia Brasil e saiba como unir-se ao movimento!


Nosso agradecimento especial para a Amnistía de Castellón por todo o suporte e por abrir espaço para somarmos forças nessa missão em comum. 💛🚀



16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page